quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Exposição "Mestres do Renascimento" - Obras-primas Italianas


Exposição "Mestres do Renascimento"

A Ânima levou seus alunos no último dia 15 para a exposição “Mestres do Renascimento” em São Paulo, no Centro Cultural Banco do Brasil.

Placa em frente à exposição

Galera aguardando na fila

Para você que perdeu esta oportunidade, a gente coloca aqui um pouco do que foi visto em Sampa.

Giorgione
"Madonna col bambino tran San Giovanni Battista e uma Santa"

O Renascimento

As principais características desse movimento artístico que começou no final do séc. XIV e foi até o início do século XVI são:

Humanismo: o homem é a figura principal das telas, por isso nesta época tiveram vários estudos sobre anatomia e proporção humana (notou-se que alguns dos quadros parecem fotos - os renascentistas perceberam que o corpo fala e estudavam gestos e expressões com muito cuidado);
A burguesia, a aristocracia e Igreja são patronos dos artistas. São eles que encomendam as obras de arte;
Igreja: poderosa e rica, paga os artistas para contarem histórias religiosas;
Ênfase na perspectiva e na arquitetura dentro dos quadros;
Três principais cidades do Renascimento: Veneza, Roma e Florença.

Giovanni Bellini
"Annunciazione"

É importante lembrar que neste período a Itália era composta por Cidades-Estado, independentes tanto política quanto financeiramente (a unificação da Itália como o país atual só ocorreu em 1870).

Por isso, cada cidade teve um desenvolvimento muito particular no que se refere ao modo de pintar.

 Tiziano
"Madonna col bambino e La Maddalena"

A curadora da exposição no CCBB, Cristina Acidini, decidiu dividir a exposição da seguinte maneira:

No segundo andar ficaram as cidades influenciadas pela “escola de Veneza”: Ferrara, Veneza, Urbino e Milão; no terceiro andar as obras dos artistas que trabalharam em Roma; no quarto andar, as obras de destaque na cidade de Florença.

Rafael
"Testa di Madonna"

Vale destacar que a mostra não reúne trabalhos muito famosos ou de grande destaque, mas sim, trabalhos dos artistas mais influentes do período. Eles estão TODOS lá: Da Vinci, Michelângelo, Rafael, Ghrilandaio, Tiziano, Tintoretto, Bellini, Veronese, Pinturrichio, Fra Angelico, Perugino, Botticelli, Verrocchio, Donatello...

Leonardo Da Vinci
"Leda e Il Cigno"

Os estilos em cada cidade mudam, e mudam de artista para artista também, mas podemos destacar algumas características comuns:

Veneza:

Busca pela antiguidade romana;
Relaciona-se com a arte dos Países Baixos: em relação à luz e ao modo gráfico do planejamento das vestes;
As obras têm refinamento, riqueza de detalhes;
A luz e a cor são valores marcantes.

Florença:

É a cidade onde o Renascimento teve origem;
Influência e apoio da corte dos Médici.
Importantes obras de artistas de toda Itália estão aqui. Hoje os principais museus deste período estão nesta cidade.

Roma

A Igreja acolhe e patrocina os artistas;
Capela Sistina: reúne trabalhos de artistas importantes do período em um só lugar;
A arquitetura é monumental.

Michelangelo
"Studio di Portale"

Atenção! "Mestres do Renascimento" é a primeira exposição a ser prorrogada no CCBB! Ela fica até domingo, 29/09/2013! Corra!

Nenhum comentário: