quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Por que a Ânima Existe

Avatar da Professora Gisela Pizzatto

Esses dias atrás uns problemas aconteceram e me fizeram o seguinte desafio: "você tem que pensar bem e saber porquê quis abrir a escola".

Antes de mais nada, para quem não sabe, a Ânima nasceu de uma LONGA discussão na minha antiga casa, onde estávamos eu, Marcelo Ferreira, Maurilio DNA, Emerson Penerari e a Raquel, mulher do Emerson. Foi ali naquela hora e local que decidimos que o melhor a fazer era abrir uma escola. Mas por quê?

Tem sempre aquela respostinha clichê, né? "Porque estávamos descontentes com o andamento das coisas na escola antiga, porque não era justo" e todo aquele blábláblá que todo mundo já sabe. Não deixa de ser verdade, mas não é disso que eu quero falar aqui, agora.

Não tenho como responder pelos outros sócios da escola, mas posso falar de mim, do que eu sempre quis e do que me levou a abrir uma escola de Arte.

Pra começar, abrir escola de Arte no Brasil é coisa de gente doida, né? Arte é a última coisa pra que se dá valor nesse país e o primeiro "supérfluo" que as pessoas cortam quando o conto aperta é a aula de desenho. Nunca a aula de inglês.

Ensinar, pra mim, sempre foi uma coisa natural. Apesar de eu ser uma pessoa super tímida, quietinha (às vezes - muitas - passo por sem educação!), a sala de aula é onde eu me sinto mais à vontade e simplesmente adoro a interação aluno-professor. Passar o que a gente sabe e ver a coisa acontecer ali, alunos se desenvolvendo e tantos que nos superam... É uma coisa sem igual.

Eu nunca quis realmente dar aula, não estava nos meus planos. Simplesmente aconteceu. Eu comecei a fazer aula de desenho bem pequena, tinha 11 anos. Fiz vários cursos no antigo CLA, aqui em Campinas, com professores especialíssimos, que me ensinaram muito sobre tudo. Depois de 10 anos estudando, o dono da escola me perguntou se eu não achava legal dar aulas de desenho lá. Eu achei bom, já estava na faculdade, ia ser um dinheiro que ia me ajudar.

E então faça a conta aí (mesmo porque eu sou formada em História e contas não são meu forte): comecei a dar aula em 1998 e cá estou. É muito tempo, né?

Depois de tanto tempo dando aula eu já deveria saber que TER uma escola não é tão simples. O dobro de responsabilidades e preocupações. E é verdade mesmo. Ter um negócio hoje em dia não é fácil, as estatísticas estão aí pra mostrar. Nem eu nem os outros sócios tínhamos a menor noção de como administrar uma empresa, ninguém é dessa área. A gente é ARTISTA.

E então, mesmo assim, por quê? Bom, a verdade é que eu gosto que as coisas sejam feitas do meu jeito. Porque eu sei que eu faço as coisas direitinho, com capricho. Porque eu faço as coisas com paixão. Se você faz seu trabalho sem paixão, sem amor, ele não vai ser tão bom quanto poderia ser. Nunca vai. E acho que essa é a principal razão pra eu ter decidido abrir uma escola de arte com mais um punhado de amigos: pra fazer com paixão.

Saber que você dá o seu melhor todo dia é muito bom. Você vê resultado. Você se orgulha. Você recebe toda a dedicação de volta.

E foi por isso que a Ânima nasceu. Para levar Arte com muita paixão e dedicação a todos aqueles que se interessem minimamente por desenho, pintura, fotografia, design e qualquer outra coisa que englobe Arte. É difícil? Sem dúvidas. Tem muita coisa que você tem que enfrentar e estar preparado para. Mas depois desta análise e de pensar nos porquês, vou te contar uma coisa: vale a pena.

As próximas postagens do blog serão quase sempre escritas por nós, os sócios da escola. Por isso aproveite pra conhecer melhor a gente e a Ânima através do blog também, vai ter muita coisa interessante, muito assunto bacana por aqui. Pra você que está chegando agora, seja muito bem vindo! E para você que já é nosso velho camarada, obrigada pela amizade, continue com a gente!

O blog é outra das nossas janelas para o mundo aí fora, então aproveite também para mandar sugestões de pautas, assuntos que você quer que a gente opine, tudo o que quiser!

O nosso negócio é fazer a Arte criar vida!

Gisela Pizzatto.

Professora Gisela ensinando Mangá

Nenhum comentário: