quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Arte Que Te Quero Nova


Depois de tanta discussão e polêmica sobre os novos rumos da Arte, dos artistas, das vanguardas do que é e do que não é Arte, acho que vale a pena destacar as coisas legais que surgiram nos últimos tempos, as coisas novas e que vieram pra encantar e não para polemizar, discutir ou causar estranheza.

Atualmente, talvez em oposição a tantos trabalhos e artistas abstratos, a arte figurativa vem ganhando força, especialmente os trabalhos ultra realistas. Neste post quero levar você por um passeio a artistas novos e diferentes, com trabalhos inusitados (ou até que não muito) e que enchem os olhos.

Sem a internet, talvez nada disso fosse possível. A internet nos permite acessar dados muito distantes, como se estivessem aqui ao lado e esse tipo de acesso à informação faz todo mundo feliz: artistas (que podem divulgar melhor seus trabalhos) e observadores (que podem achar coisas mais a seu gosto).

Seguindo na linha hiper realista, é preciso falar de Alyssa Monks: http://alyssamonks.com/A artista americana trabalha com óleo sobre tela, e sua especialidade são pinturas "molhadas". Quer dizer, ela retrata muitíssimo bem gente dentro d'água e cenas de vapor. A delicadeza e sensibilidade de motivos e de execução do trabalho de Alyssa é sem parâmetros. Ela consegue combinar as duas coisas com graça e muita muita beleza. O resultado? Veja você mesmo!












































Seguindo um conceito parecido vai a artista Zaria Forman http://www.zariaforman.com, também americana, esta artista trabalha o realismo em paisagens usando giz pastel. O resultado por si só é impressionante, mas vale a pena notar a leveza e ao mesmo tempo a precisão do trabalho da artista.





































 
Ainda na água está o trabalho de Sarah Harvey www.sarahharvey.co.uk .  A artista britânica trabalha com tinta óleo e cria pinturas em que a água é personagem principal como veículo, mas a plasticidade fica por conta do movimento e do corpo humano.













































  
Emanuele Dascanio é outro hiper realista. O artista de Milão faz não só retratos com grafite e carvão, como também faz naturezas mortas lindíssimas usando óleo. Uvas, melancia, conchas, nada escapa da beleza e da precisão do italiano.















































Mudando um pouquinho, vamos encontrar o trabalho de Gabriel Moreno http://gabrielmoreno.com/. Este espanhol não só trabalha com muitas linhas como também sabe adicionar a quantidade e o tom certo de cores em seus trabalhos. Muito mais um ilustrador do que um artista plástico em si, nada impede de classificarmos a obra de Gabriel Moreno como maravilhosa e atual. E no mais, quem liga para os rótulos? 



















Já não tão realista, mas também ilustrador, também espanhol e também fantasticamente leve está o trabalho de Conrad Roset http://www.conradroset.com/. Conrad é famoso por suas "musas", uma série de trabalhos que usa linha e cor de maneira magistral, única e muito inspiradora. Os trabalhos desse artista podem ainda ser classificados de provocantes e sexy.
























Estes são apenas alguns dos novo talentos pelo mundo afora, que estão aí, mostrando a cara e fazendo bonito. Ainda tem muito muito mais pra gente pesquisar, descobrir e ver!
E isso é que é bom, essa variedade, essa mudança, o fim de ciclos e o início de outros. Porque a Arte também se move, também está viva e se ela imita a vida ou a vida é que a imita, é discussão pra outra hora! Vamos mais é aproveitar o que ela tem para nos oferecer.

Professora Gisela Pizzatto

Nenhum comentário: