quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

5 coisas pra lembrar quando estiver desenhando

Baseado na imagem do We Design Studios, tomei a liberdade de fazer um texto para os artistas de plantão... Não é um manual, nem nada nessa vida que seja ligado à Arte pode ser muito fixo e pré-determinado, mas acho que são mesmo coisas pra gente lembrar, dicas importantes! Espero que vocês gostem.



1 - Dê uma distância do seu próprio trabalho
De verdade, quando você estiver produzindo, às vezes vale a pena não terminar tudo na mesma hora. Bom, é certo que isso a gente não controla muito, tem hora que você senta na prancheta e o desenho sai, e sai tão rápido que quando você vê passou a madrugada toda ali e nem dormiu.

Mas antes de assinar a criatura, dê um tempo, tome um café, assista um videozinho engraçado e volte a olhar o que você fez. Pode ser que você acrescente coisas, mude outras e suprima outras tantas... Você vai se surpreender o que algumas horas fazem com a sua mente.

2 - Desenhe o que você vê, não o que você conhece
Desenhar é sempre um exercício de observação. E nem sempre - quase nunca - as pessoas desenham o que elas vêem. O que acontece é que você já tem idéias pré concebidas de como é, por exemplo, uma girafa e acaba não prestando atenção aos reais detalhes do bicho.

Por isso é tão difícil fazer um auto-retrato ou desenhar alguém conhecido: você tem algum tipo de ligação com seu objeto de estudo que te impede de ver as particularidades. Por isso a observação é tão importante.

Eu sempre digo: um bom desenhista é necessariamente um bom observador!

3 - Pense na composição
Não só na hora de criar pensar na composição do trabalho é importante. Se você usar uma referência também vale a pena analisar se você pode "cortá-la" pra que fique interessante, usando só uma ou outra área.

Qual será o foco da cena? Como balancear os elementos? E as cores? Tudo isso é importante na hora de decidir como você vai passar o que vê (ou o que imaginou) pro papel.

4 - Seja paciente com você mesmo
E essa talvez seja a coisa mais importante de se lembrar ao desenhar. Durante todo o processo você também está aprendendo, não importa qual seu nível de instrução - master ou super iniciante - a gente sempre tem o que aprender. Ainda bem, né!?

Tenha paciência com seus erros, repita se necessário, mas também não se exija demais. O próximo ficará melhor. E o próximo melhor. E o seguinte melhor ainda. Com certeza!

5 - Curta o processo
Eu queria saber o porquê de tanta gente querer terminar logo um desenho! Acaba que sai tudo de qualquer jeito, você vê as possibilidades do que aquilo poderia ter sido. Desenhar é antes de tudo um MEIO: pra se expressar, pra desestressar, pra passar o tempo, pra estudar, pra desenvolver habilidades e pra algumas pessoas até um meio de ganhar dinheiro. Mas sem curtir o processo, sem se envolver, sem estar ali entregando sua alma ao que está fazendo você só vai ter uma coisa oca, vazia, sem expressão, que não representa você. Por isso, aprecie o momento da criação, do desenvolvimento, curta as etapas, aprenda devagar. Certamente você vai gostar muito mais do resultado.

Professora Gisela Pizzatto.

Nenhum comentário: