quinta-feira, 29 de maio de 2014

O Lápis

Sim, o lápis nosso de cada dia, ele mesmo, o pretinho básico de todo desenhista. Ele está presente na vida de 9 em cada dez artistas (tem um povo que aderiu totalmente à mídia digital) e muita pouca gente sabe das suas origens.

Afinal, de onde veio o lápis, como ele foi criado e qual foi a sua evolução?

Fonte: http://imguol.com/
Vamos dar um pulinho de volta no tempo em alguns séculos, quando um mineral chamado grafite despertou a curiosidade das pessoas por sua capacidade de fazer marcas em certos tipos de superfície.

Desde os primórdios da História o homem procurava por elementos que pudesse usar pra escrever/desenhar. Inicialmente eles usavam placas de argila, mas elas eram muito difíceis de usar por causa das marcas que eram difíceis de apagar e se você cometesse algum erro deveria começar o trabalho todo de novo.

A origem oficial do lápis é muito difícil de determinar: em algum ponto entre 1500 e 1565 um enorme depósito de puro e sólido grafite foi descoberto nas proximidades de Borrowdale, na Inglaterra. A substância foi chamada de plumbago, palavra em Latim pra "chumbo".  O material podia ser facilmente dividido em pedaços longos e os fazendeiros locais acharam o material excelente pra marcar ovelhas.

Fonte: http://www.macauhub.com.mo/
Este depósito foi o único grande depósito de grafite encontrado na forma sólida e até o fim do século XVIII este foi a única fonte de grafite para fazer lápis, permitindo que a Inglaterra tivesse monopólio da fabricação de lápis grafite até mais ou menos 1860.

Fonte: http://2.bp.blogspot.com/
Mas há ainda outros aspectos da história do lápis que são meio incertos e obscuros: diz-se que Simonio e Lindiana Bernacotti foram os primeiros a inventar o lápis como conhecemos hoje, com corpo de madeira - eles teriam feito um vão no meio de um graveto de junípero.

Mesmo assim, não existe um acordo sobre quem inventou o lápis. Alguns dizem que foi o francês  Jacques Conté, que fez alguns lápis usando grafite, madeira e argila. Outros dizem que foi o alemão Kaspar Faber que obteve um lápis mais firme e próximo do que temos hoje. E ainda há os que afirmam que o inventor do lápis é o austríaco Joseph Hardmuth, que conseguiu fazer com que os lápis durassem por mais tempo. Hoje todos esses senhores se tornaram marcas de materiais de arte, muito boas e de qualidade comprovada.

Curiosidades de informações:
  • Alguns lápis são mais macios que outros porque eles tem maior quantidade de grafite na sua composição.
  • Atualmente os lápis são feitos industrialmente usando uma mistura de pós de grafite, argila e água em uma massa grossa. Quando essa massa é cozida em altas temperaturas para eliminar a água, ela é moldada como um cilindro e então enrolada na madeira para fazer o lápis.
  • Tradicionalmente, os lápis eram pintados de amarelo do lado de fora, o que era sinônimo de qualidade. 
  • A primeira imagem de Marte, feita em 1965, foi feita com lápis.
  • Em 2002, a Faber Castell fez o maior lápis do mundo, com 19.75m de altura!

Nenhum comentário: